domingo, 9 de outubro de 2011

Domingo com a família...DELA!!!

Tudo vai bem: moça bonita, com caráter, inteligente, bom papo e tals. Até o dia em que você é convidado para almoçar com os pais dela. É muito difícil a gente despertar simpatia com todos, pois não dá pra agradar a todos. Ou dá? Ok, você aceita.
Não custa nada, e é inevitável. Mas prepare-se que poderão acontecer algumas coisas-clichê, coisas normais: cochichos alheios, talvez alguma cara "emburrada" ou o pior: fingem que não o vê, isto é:  
* Na sala, o futuro/a cunhado/a o ignora, preferindo ver tevê ou comentar sobre outros assuntos alheios a ti. 
* O pai dela pode ficar enciumado. E te cortar ou fazer perguntas desconcertantes.
* Os sobrinhos dela ficam enciumados e passam a te olhar como uma "ameaça". Para te provocarem (e sabendo que você não vai falar nada), eles te cortam quando você está falando.
É preciso ser mágico para agradar a todos ali, ainda mais que muitas das vezes nem mesmo eles se entendem. Tempo para vocês dois se beijarem, conversarem? Esqueça! Só se for quando você for embora, e olhe lá, sendo é claro, vigiado por um dos sobrinhos. Ou por uma tia. Ou pela vizinha fofoqueira.
Prepare-se para a "orelha pegar fogo", pois sua pessoa será o tema da discussão na sala quando for embora. Se seu namoro está começando, não aceite o tal convite logo de cara, espere pelo menos uns dois meses... Conheça-a a fundo, primeiro, depois, quando estiver bem firme o namoro, aí, sim.

8 comentários:

  1. Exagerei? Aonde? A coisa não é 100% real. Você acha que eu coloquei isso e que tudo possa acontecer de fato? De uma vez, só? Alguma coisa aqui, sempre acontece. Exagerei aonde? Não quis dizer que TUDO O QUE ESTÁ ESCRITO AQUI vai acontecer. É duro ter que ficar explicando posts tintim por tintim...rs

    ResponderExcluir
  2. muito verdade. uma coisa ou outra sempre acontece. mas e quando seus pais simplesmente ignoram que a filha namora? arranjam desculpas mil para não recebê-lo em casa só porque o moço não faz o "perfil padrão da família"? e quando, finalmente os pais aceitam o moço, ele já não faz questão de de conhecer sua família? E se, após três anos de relacionamento, um dos motivos do desânimo/término sejaexatamente este?
    Desculpe-me por tantas perguntas. Mas isso também é um caso real.
    Abraços, Alê!
    Yo.

    ResponderExcluir
  3. Em relação às suas três perguntas, Yo, seriam bom temas pra outro post, não esse...Grato pela visita.

    ResponderExcluir
  4. Put´s ahahahahaha, tudo verdade ahahahahahaha, mais é só achar graça.... que ai tira de letra, depois é só lembrar e rir.... te adoro amigo... bjus

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente adorei ... ja passei por isso tambem na familia DELE! Acontece principalmente quando o namorado em questão é filho único. E aqui em casa pode ter certeza que encarar aquele almoço de domingo que parece inofensivo pode ser uma prova de fogo! Beijuxxxx

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkkk...bem assim! Aqui em casa a loucura é maior, um monte de mulheres (são a maioria) falando extremamente alto e com um toque levemente feminista (palavras do meu noivo). Fiquei com dó a primeira vez, agora já acostumou!!!!


    Beijosss

    Cléo Fernandes

    ResponderExcluir
  7. Isto aqui tem cara de boa prosa... Te sigo!
    Passe em Sinais de Mim, lá tem um lugar especial pra você na área Vip!!! ^^
    Besos,
    TL.

    sinaisdemimtl.blogspot.com

    ResponderExcluir

Cuidado com o que você vai escrever aqui. Comentários anônimos são permitidos. Ofensas e Xingamentos não serão publicados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics