terça-feira, 23 de agosto de 2011

Sua parceira te criticou? Ou volta e meia te critica?

Quem gosta de críticas sem fundamento? Ninguém. E críticas plausíveis? Algumas. Muita mulher vive fazendo merda por aí e NÃO QUER QUE NINGUÉM A JULGUE, coitadinha. Existe uma ENORME DIFERENÇA entre OPINAR e JULGAR, viu? Mas isso é assunto pra outro POST.

Sua parceira te criticou? Ou volta e meia te critica?
Peça para que a mesma repita a objeção (nesses milésimos de segundo, você irá ganhar tempo para responder mentalmente, se for pego desprevenido).

Rapidamente analise e veja se ela tem fundamento naquilo que está te dizendo (
se sim, assuma o erro...se não, contra-ataque com argumentos válidos, firmes, fortes).

Mas não use esta crítica como oportunidade de ou jogar na cara alguma coisa que estava engasgada faz tempo, ou soltar suas queixas de outras pessoas e situações (
isso, além de tornar as coisas mais confusas, vai parecer à pessoa que te criticou, que você não teve coragem de falar logo o que estava te incomodando, e viu nessa crítica, o momento pra desabafar, momento esse, errado, tosco, inapropriado).

Por conta deste blog, algumas leitoras se aproximaram de mim como se eu fosse "perfeito". Já digo que ninguém na Terra, o é. Nem o Dalai Lama, nem Martha Medeiros, Nem Clarice Lispector. Sou humano e cometo erros. Algumas dicas que eu posto aqui, alguma coisa que eu falo pros homens não fazerem, é provável que eu às vezes faça. Porquê? Porque não sou perfeito! Posso esquecer, posso fazer inconscientemente.

2 comentários:

  1. Meu ,o meu gato usa dessa técnica de pedir que eu repita o argumento pra ele ganhar tempo... olha q danadinho hein
    Não que eu critique ele , pois ele não aceita criticas
    Como é bom descobrir as táticas masculinas !!!


    Bjo Alê

    ResponderExcluir

Cuidado com o que você vai escrever aqui. Comentários anônimos são permitidos. Ofensas e Xingamentos não serão publicados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics